quarta-feira, 10 de agosto de 2016

SÃO PAULO TREINA EM DOIS PERÍODOS!

Sob os olhares e o comando de Jardine, o Tricolor realizou as atividades de manhã e a tarde.
O time está focado no confronto do próximo domingo, contra o Botafogo, pelo início do returno do Brasileirão.
Foto: saopaulofc.net

sexta-feira, 5 de agosto de 2016

JARDINE: NOSSO NOVO COMANDANTE POR ALGUMAS PARTIDAS!

Ele será auxiliado por Pintado até que um novo treinador seja definido. Jardine é multicampeão no CFA e chega motivado com o novo desafio e com um trabalho vitorioso na equipe Sub-20.
Nasceu em Porto Alegre, tem 36 anos e iniciou a carreira nas categorias de base do Internacional, clube que ficou de 2003 a 2013 e conquistou 31 títulos. Em seguida, assumiu o Grêmio, onde teve a oportunidade de comandar a equipe profissional por uma partida, substituindo Enderson Moreira antes da chegada de Luiz Felipe Scolari. Em 2015, Jardine acertou a sua chegada ao CFA e logo deu sequência a sua vitoriosa trajetória com grandes campanhas, como conduzir o time juniores nas conquistas da Copa Ouro, da Copa do Brasil e da Copa RS, em 2015, além da Copa Libertadores da América deste ano - todos com o time Sub-20. 
------
“Em primeiro lugar, gostaria de agradecer a confiança da diretoria. Estou motivado e farei o melhor possível para que a gente possa aproveitar este período. Quero somar da melhor maneira possível e, de alguma forma, deixar alguma coisa do bom trabalho que é realizado na base. Sei o tamanho da responsabilidade, mas com o tempo o profissional fica mais experiente e não se deslumbra com determinadas situações. Atrás da alegria com a oportunidade de dirigir um clube como o São Paulo, que vive de vitórias, tem a responsabilidade de conquistar resultados positivos. Acredito que o trabalho desenvolvido na base foi fundamental para que esta oportunidade fosse possível", finalizou.
BOA SORTE, JARDINE!
Foto: saopaulofc.net
#spfc #saopaulo #saopaulofc #Jardine

quarta-feira, 3 de agosto de 2016

PRONTO PARA ESTREAR!

O recém-contratado Julio Buffarini está pronto para entrar no gramado do Morumbi. O lateral convocou a torcida são-paulina para o duelo com o Atlético-MG nesta quinta-feira (4), às 19h30 (de Brasília), no Morumbi, sua primeira partida pelo clube.
------
“Estou preparado e com muita gana de vestir a camisa do clube. Oxalá a gente consiga fazer um bom jogo e conquistar a vitória. Quero fazer parte da história do São Paulo, e quero que isso comece com um grande jogo já nesta quinta-feira. O São Paulo é um clube grande, com tradição e isso me deixa com mais vontade para defender a equipe”, disse.
------
“Os treinos foram bons e me ajudaram bastante, porque agora conheço melhor os meus novos companheiros. O time trabalhou firme e aprimorou o entrosamento. Os jogadores me receberam bem e, sem dúvida, estrear bem coletivamente é tudo que eu quero. Isso é o mais importante. Por isso, contamos com o apoio da nossa torcida no Morumbi. Precisamos do apoio dos torcedores, e oxalá depois do jogo a gente possa comemorar um resultado positivo juntos”, acrescentou.
Bufarini vai atuar pela primeira e última vez com o técnico Bauza – o treinador assumirá a Seleção Argentina.
------
“Será uma sensação rara. O Bauza pediu a minha contratação, mas o São Paulo já tinha interesse na minha chegada antes mesmo do Patón assinar com o clube. O São Paulo confiou em mim e me contratou. Mas, obviamente, tenho um carinho especial pelo Bauza. Vou deixar a minha vida em campo para que a nossa equipe conquiste a vitória e, além disso, o Patón merece uma despedida com um grande resultado”, completou.
Foto: saopaulofc.net

quarta-feira, 27 de julho de 2016

CHAVEZ É DO SÃO PAULO!

O atacante foi apresentado, hoje, no CT da Barra Funda.
O jogador de 25 anos e 1,84m deseja ter o mesmo sucesso de Calleri, companheiro no Boca e artilheiro do Tricolor no ano, com 16 gols. 
Para isso, Chavez assumiu a característica de "chuta-chuta" com a perna esquerda, já vista nos primeiros treinos, com direito a gol de bicicleta.
– É minha característica (risos). Quando tenho a oportunidade, tento tirar proveito disso. Fiz um lindo gol no primeiro treinamento. Me dá confiança para treinar sempre o máximo. Minha característica é muita potência e seguir à frente, com muito sacrifício – disse.
Nas atividades, Chavez mostrou potente chute de pé esquerdo e iniciou o trabalho tático entre os reservas e depois foi testado com os titulares. Atuou primeiro aberto pelo lado esquerdo e depois como centroavante fixo. Ele explicou que pode fazer as duas funções, mas tem estilo diferente do antecessor Calleri.
"A princípio, no Banfield, joguei como ponta esquerda e também como 9. Depois tive a oportunidade de chegar ao Boca, algo muito lindo para mim. Também tive a oportunidade de jogar nas duas posições. Joguei mais como ponta esquerda, mas não tenho problemas em jogar de 9", disse.
"Sei que Jony teve uma passagem muito boa por aqui. Falei com ele e me incentivou a vir para um clube tão grande e de linda torcida. Ele é um grande jogador, por isso fez tantos gols aqui. Não sei se podemos ser comparados porque somos diferentes em estilos, mas ambos querem fazer gols. Quero ter uma passagem boa como a dele e deixar uma marca para a torcida gostar de mim", afirmou.
Chavez tem contrato de empréstimo por um ano, com opção de compra para o São Paulo. O jogador voltou a explicar o motivo do apelido de Comandante.
"Foi dado no Boca por minha comemoração e por brincadeiras com o ex-presidente da Venezuela, o Hugo Chávez. Marcou e me deixa feliz", concluiu.
Foto: saopaulofc.net


segunda-feira, 25 de julho de 2016

O NOME DELE É PEDRO BERTOLUZO!

atacante vem sendo destaque nos treinamentos do CT, e é multicampeão no CFA. O atleta falou da experiência de estrear pelo Tricolor.
------
“Quando ele (Bauza) me chamou, passou um filme na minha cabeça. Mas isso foi muito rápido, porque eu estava muito focado para entrar no jogo e tentar ajudar os meus companheiros. Foi a realização de um sonho, mas sei que tenho que seguir firme no meu trabalho para receber novas oportunidades”, afirmou.
Pedro Bortoluzo esteve presente nas conquistas da Copa Libertadores Sub-20 (2016), da Copa RS Sub-20 (2015), do Copa do Brasil Sub-20 (2015) e da Copa do Brasil Sub-17 (2013).
De acordo com o camisa 35, o apoio dos companheiros é fundamental para que este início de trajetória seja positivo.
------
“O pessoal tem conversado bastante comigo, perguntaram como eu me senti na estreia e isso me deixou mais à vontade para jogar o meu futebol. Esse incentivo do elenco me deu mais motivação. Vou manter a dedicação no dia a dia para crescer, evoluir e receber novas chances com o treinador”, concluiu.
Foto: saopaulofc.net

PARABÉNS "MADE IN COTIA"!

Os garotos do Sub-17 garantiram o terceiro título da Taça BH, ontem, direto da Arena Independência, diante da Peppa Jr.
O time fez um primeiro tempo avassalador: 3 a 0 com Gabriel, Marquinhos e Weverson, e fecharam o placar com um gol de Helio no fim do jogo, 4 x 1. Com a vitória, o clube somou o terceiro título da maior competição Sub-17 do Brasil - também venceu em 1987 e 1997, quando ainda era jogada pelo Sub-20.
Foto: saopaulofc.net

quinta-feira, 21 de julho de 2016

TREINO E COLETIVA COM MICHEL!

De olho no Grêmio, próximo adversário no Brasileiro, o São Paulo realizou as atividades no CT. Durante entrevista, o camisa 7 afirmou que está motivado para assumir a responsabilidade e conduzir o Tricolor na sequência do Campeonato Brasileiro e na Copa do Brasil.
------
"Sempre tive responsabilidade, perdemos a nossa grande referência que era o Ganso. Mesmo com ele no clube, sempre tentei me impor, mostrar minha importância. Com a saída dele, vai aumentar a cobrança, mas estou tranquilo. Sei o que posso fazer, o que posso mostrar, sei que posso ser decisivo. Fico feliz em ser cobrado, mostra que tenho capacidade. Agora é provar que posso ser a referência que todos esperam”, disse.
------
Michel também falou dos reforços, como a permanência do zagueiro Maicon e chegadas do peruano Cueva e do centroavante Gilberto. O armador acredita que esses jogadores deixarão a equipe forte para os desafios que o São Paulo ainda tem pela frente na temporada 2016.
------
"Sentir as saídas, com certeza vamos sentir, perdemos jogadores de muita qualidade, peças importantes para o nosso grupo. O clube fez um esforço em trazer jogadores para suprir as ausências dos que saíram, é normal ter um período de adaptação. Mas cabe a nós ajudá-los a se adaptar o mais rápido possível. Espero que tenha ficado mais forte com estas chegadas. Foi o que a diretoria pensou ao trazer esses jogadores. Futebol faz parte, jogadores vão chegar e sair”...
"Sinceramente, seria um desejo meu poder seguir mais um tempo no São Paulo, que é um clube que me recebeu muito bem. Me sinto muito bem aqui. Acredito que daqui dois ou três anos eu projeto o final da carreira. Se puder ser em um clube grande como o São Paulo, é um desejo meu”, completou.
VAMOS QUE VAMOS, MICHEL!
Foto: saopaulofc.net